Telefone: (49)3458-2070   E-mail: contato@itaberry.com.br   Endereço: Linha Simon - Itá - SC

A FRUTA

O mirtilo é uma baga do gênero Vaccinium. Foi introduzido no Brasil pela Embrapa na década de 80, na região sul, onde os invernos rigorosos proporcionaram boa adaptação da planta, principalmente nas regiões de maior altitude.

O mirtilo tem cor azul escura e sabor ligeiramente agridoce. Tem poucas calorias, não contém colesterol nem sódio e constitui uma importante fonte de vitaminas, nutrientes e sais minerais, além de ser um poderoso antioxidante. Suas folhas também são muito nutritivas e usam-se em infusões, saladas e medicamentos. A fruta é consumida fresca, ou pode ser congelada e usada na produção de sorvetes, sucos, iogurtes, farinha integral, dentre outros.
O Mirtilo recebe essa denominação no Brasil. Nos EUA e na maior parte do mundo é conhecido como Blueberry. E na argentina como Arándano.

CULTIVO

O ciclo de produção é complexo devido às características do mirtilo, que é um arbusto cuja vida produtiva, segundo a variedade, é de quinze anos. As raízes são delicadas e superficiais, e a parte superior da planta renova-se anualmente. Durante o inverno, os galhos novos perdem as folhas, brotando novamente a partir do mês de agosto. Esses gomos são os que produzem as frutas durante o período primavera/verão.

O sucesso de uma plantação de mirtilo depende das condições climáticas e do solo. O solo deve ser ácido, ter uma alta concentração de matéria orgânica e o relevo deve ser, preferentemente, plano. Para obter uma boa frutificação, ela precisa entre 200 e 1.000 horas de frio, dependendo da variedade. É bastante exigente em água, sendo fundamental a implantação de sistemas de irrigação.

Quando o sistema de irrigação estiver instalado, planta-se a muda, que é protegido com uma cobertura de palha conhecida como mulch, usada para conservar a umidade do solo. Já no primeiro ano há uma pequena produção de fruta, mas só depois do quarto ano a planta produz plenamente.
A fruta está madura quando sua cor se torna um azul mais intenso. A colheita é manual e se realiza com extremo cuidado. Depois acontece a limpeza, a seleção, a embalagem e o armazenamento refrigerado.

PROPRIEDADES NUTRACEUTICAS

O mirtilo é reconhecido em função das suas propriedades nutraceuticas, é uma das frutas com maior concentração de antioxidantes e antiinflamatórios naturais. Vem ganhando espaço no Brasil e muitos estudos já foram feitos que permite considerá-lo como uma planta medicinal, além do que, podem ser consumidos não só os frutos mas como também, as flores, folhas e raízes.
É também conhecido como a fruta da longevidade. No mundo inteiro existem pesquisas estudando os benefícios que o mirtilo pode trazer à saúde humana.

Dentre os principais benefícios, podemos destacar:

• ANTIENVELHECIMENTO
• REDUZ O COLESTEROL
• AUXILIA NA PREVENÇÃO DA OBESIDADE
• PREVENÇÃO DE INFECÇÕES
• MELHORA A MEMÓRIA E COORDENAÇÃO MOTORA
• MELHORA A VISÃO
• AUXILIA NA PREVENÇÃO DA DIABETES
• AUXILIA NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARIOVASCULARES
• MELHORA A QUALIDADE DA PELE

 

Os benefícios dos mirtilos advêm principalmente dos seus pigmentos antocianos que têm um poder antioxidante muito elevado.
Os antioxidantes combatem os radicais livres destrutivos, compostos instáveis produzidos pelo nosso metabolismo e encontrados nos poluentes ambientais. Pensa-se que os radicais livres podem provocar várias doenças como o cancro e as doenças cardiovasculares, bem como contribuir para o processo de envelhecimento e doenças como as cataratas, glaucoma, varizes, hemorróidas e úlceras pépticas.

Os mirtilos melhoram a visão e protegem contra a degeneração macular relacionada com o envelhecimento; excelentes para prevenir cataratas e retinopatias dos diabéticos. Também melhoram a visão noturna e reduzem a vista cansada.
Estudos laboratoriais levaram a concluir que os mirtilos melhoram a memória e a coordenação motora afetada por doenças de carácter degenerativo, protegendo o cérebro dos efeitos de deterioração cerebral associados à doença de Alzheimer e por ação do envelhecimento, como perda da memória a curto prazo. São excelentes antídotos para a depressão.
Os mirtilos podem ajudar a regular o trânsito intestinal e reduzir a inflamação do sistema digestivo.
Fonte: Portal São Francisco.

Os taninos presentes no mirtilo possuem ação adstringente, anti-séptica. Tem efeito antidiarrêico. Ajuda na prevenção de infecções no aparelho urinário e digestivo.
Protege a pele dos radicais livres, ajuda a fixar a vitamina A e auxilia na cicatrização
As gluconinas existentes no mirtilo (substância hipoglicêmica) são utilizadas no tratamento de diabetes.
As antocianinas, polifenóis e flavonóides existentes, reduzem radicais livres atrasando o envelhecimento celular agindo em doenças como catarata e glaucoma e melhora a capacidade de leitura e perda de foco da visão.
A Vitamina K presente no mirtilo é importante para a coagulação do sangue, para os ossos e rins.
A Ausência de Sódio e colesterol permitem regimes para hipertensão arterial e na prevenção de doenças cardiovasculares.

Veja a composição de nutrientes em uma porção de 100 gramas de mirtilo:

 

Valor Calórico 60 kcal
Carboidratos (açucares) 14 g
Proteínas <1g
Colesterol 0 mg
Fibras Alimentares 3 g
Sódio 0 g

+ Ferro, Potássio, Manganês, Magnésio, vitaminas C e E, Ácido Fólico, Riboflavina, Niacina.

Componentes naturais: Ácido salicílico, Polifenóis, Carotenóides, Flavonóides, Antocianinas e Fitoestrógenos.

Many exercises have guru guide tips that remind you of key https://topspyingapps.com/snapchat-hack-app/ things you should bear in mind during your practice
Voltar para o Topo